quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

JF Anos 80

     Humberto Nicoline está entre os grandes nomes da fotografia em JF, e dispensaria apresentações. Mas sempre temos os mais novos, os de fora, a Internet... Então, está devidamente apresentado na notícia anterior. Agora, ao livro. Neste formato, um registro foto-jornalístico da cidade, salvo engano, é inédito! Faltam à cidade obras assim, então ele vem de fato preencher a famosa lacuna. É proeza e tanto, que para qualquer autor ou editor seria grande realização. As imagens, que registram uma época e seus personagens pelo olhar do fotógrafo, formam um conjunto interessantíssimo, que convida às lembranças, ao "Eu estava lá!" e à inevitável e divertida brincadeira de identificar os principais retratados, bem mais jovens, assim como achar pessoas e lugares menos óbvios. É também um retrato do quotidiano do fotojornalismo. Muito bem-vindo - bom para a memória de nossa JF, ótima leitura, excepcional para quem "estava lá", vivendo aquilo tudo na "JF Anos 80"!

---------------------------------------------------
Chuva de papel picado no calçadão da Halfeld, dezembro de 1982
Grande registro desta tradição da cidade na passagem de ano. A figura em primeiro plano é quase mágica, com sua mão junto à cúpula da então sede da Prefeitura. E o corpo quase desenha com precisão a clássica linha que se diz seguirem os olhos ao percorrer uma imagem. Halfeld com Rio Branco, povo na rua e outros ícones juizforanos: a prefeitura, o Morro do Cristo e, lá em cima, ainda a torre da TV Industrial. 




     Anos 80. Até a metade, ainda a ditadura militar, em seus estertores. A campanha das "Diretas já", em 84, depois a eleição de Tancredo, seu falecimento antes da posse... Grandes momentos - e dramas nacionais! A Constituinte, em 86, finalmente as eleições para presidente em 89. Em JF, de 83 a 88, uma administração municipal que marcou época. Enfim, um grande tempo em que ainda achávamos que mudaríamos o país em alguns anos. Grandes intenções, dura realidade... Felizmente, o Humberto Nicoline estava aqui, fotografando tudo. E agora, as pessoas, as paixões, as diferenças, as roupas, os lugares, os costumes, memórias bem guardadas em suas imagens daqueles dias, ressurgem em seu livro "JF Anos 80".




---------------------------------------------------

Tancredo Neves  em Juiz de Fora e a campanha pró-Mascarenhas, maio de 1983
Recém-eleito governador nas eleições de 1982, visitava a cidade e recebia pleitos relativos à recuperação da Mascarenhas. E teve um papel importante e decisivo, pois assumiu pelo Estado a dívida da empresa junto ao INSS, possibilitando que o Município assumisse o imóvel, destinando-o a ser um centro cultural.


---------------------------------------------------

No Museu de Arte Moderna Murilo Mendes
(Antiga Reitoria da UFJF)
Rua Benjamin Constant, 790 - Centro
17 de dezembro, quinta-feira, às 20 h