sábado, 30 de julho de 2011

Circuito Arte Fotográfica FOTO.fr




     Recebemos do Espaço Experimental Nina Mello ótimas notícias sobre novidades no campo da fotografia em JF! Atividades não faltarão ao longo de quase todo o segundo semestre! 
     As primeiras informações vão a seguir, em texto do Espaço, com destaques nossos. E a programação completa, com detalhes, está na notícia logo a seguir.
     Aprovado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura– Murilo Mendes, o projeto apresenta a interseção entre França e Brasil por meio da fotografia. Pelo rico e fértil cenário artístico francês, cada vez mais jovens têm recorrido ao país europeu a fim de realizar especializações ou desenvolver pesquisas. Inserido nessa realidade, o Brasil - e Juiz de Fora se inclui entre as cidades de emigração - contribui nesse intercâmbio.“Esse trânsito é bastante enriquecedor, e é importante lembrarmos que os dois países sempre estiveram relacionados quando o assunto é fotografia”, aponta a responsável pelo projeto e produtora do evento Nina Mello, referindo-se ao franceses Niépce e Florence – o último radicado no Brasil –, dois dos possíveis criadores da fotografia. 
     De agosto a novembro o Espaço Experimental Nina Mello traz exposições, palestras, debate e curso sob a temática da fotografia contemporânea. Abrindo o projeto, no dia 4, a fotágrafa Julia Milward apresenta a mostra inédita Como fazer parar a chuva. No dia seguinte, a artista participará de um bate-papo com o público e entre os dias 16 e 23 de agosto ministrará o curso Criação na fotografia contemporânea, no qual pretende discutir e produzir narrativas fotográficas.
     No dia 8 de setembro a professora Cristina Villaça (Aliança Francesa/UFJF), o artista plástico Eduardo Borges e o fotógrafo Roosevelt Nina participam do debate "Influências e relações entre França e Brasil". Com a proposta de incentivar a produção local o projeto oferece, nos dias 23 e 24 do mesmo mês, uma Leitura de Portfólio a ser feita por Julia Milward e pela fotógrafa franco-brasileira Camille Entratice. Fechando setembro, no dia 29, o Espaço sediará a noite Interseções, com projeções fotográficas de jovens brasileiros que foram ou ainda estão na França.
     De 6 de outubro a 24 de novembro, o projeto apresentará a exposição Longe de Rueil, da artista Camille Entratice, que no dia 7 de outubro conversará com o público. Abordando a fotografia contemporânea brasileira, o professor Afonso Rodrigues dará uma palestra no dia 10 de novembro.
     “Nossa programação é extensa e movimentada. Queremos trazer o que há de mais novo nas reflexões sobre fotografia. Juiz de Fora é uma cidade de muitos talentos e dessa forma, podemos contribuir para um pensamento sobre nossa produção, na tentativa de formarmos ainda mais criadores”, afirma Nina, destacando a presença da arte-educação no projeto que levará oito escolas ao espaço expositivo.
     O projeto é patrocinado pela Prefeitura de Juiz de Fora, Funalfa e Lei Murilo Mendes, além de ser apoiado pelo Laticínios Coalhadas.