quarta-feira, 30 de abril de 2014

Flores de Nina Mello








     Nina Mello inaugurou , no Espaço Manufato, em 10 de abril, sua exposição individual "Senescência", em que discute vida e amadurecimento. Apresentamos aqui trechos do material gentilmente enviado sobre a mostra.

     A mostra reúne 24 obras inéditas, que retratam flores em seu momento de definhamento, chamando a atenção para a beleza poética que conduz a reflexões sobre a maturidade, vida, morte e existência do ser, inclusive o humano.

     Formada em jornalismo pelo CES-JF, Nina Mello atua como profissional há 24 anos, sendo seis como fotojornalista da Tribuna de Minas. Após coordenar o Estúdio Fotográfico Nina Mello de 2000 a 2006, há cinco anos está à frente do Espaço Experimental Nina Mello, onde promove a criação e divulgação da arte fotográfica em Juiz de Fora e região.
 

     Nina Mello marca, com esta exposição, seu momento criativo voltado para a subjetividade e para a expressão artística, destacando a diversidade de suportes inusitados que propõem novas formas de exibir e contemplar a fotografia, que vão além das molduras convencionais. São vasos de vidro e bandejas de revelação (inspiradas nas antigas fotografias feitas em negativo), que trazem transparências mergulhadas em água e que atribuem tridimensionalidade à fotografia,além de impressões sobre superfícies alternativas, como espelho.


Algumas referências presentes na mostra individual da artista são o escritor mexicano Mario Bellatin, a fotógrafa Nan Goldine, o biólogo e escritor Felipe A. P. L. Costa. A exposição tem curadoria de Sandra Sato e apoio do Espaço Manufato.
 

------------------------------------------
No Manufato Galeria Café
De 10 de abril a 10 de maio

Terça a domingo, das 16 às 23h
Rua Moraes e Castro, 307
Passos
Em frente ao Shopping Alameda