segunda-feira, 20 de abril de 2015

Miksang - a fotografia contemplativa




     No próximo sábado, 25 de abril, haverá o evento "Miksang -  A fotografia contemplativa", que constará de uma viagem de um dia ao município de Chiador - MG, onde haverá um passeio fotográfico e um workshop  sobre Miksang, a cargo do fotógrafo Flávio Motta.

     Mas o que é, afinal, Miksang? De acordo com algumas fontes pesquisadas,


"Miksang é uma palavra tibetana que quer dizer "bom olho". Representa uma forma de fotografia contemplativa na qual o olho está em sincronismo com a mente contemplativa."

"Miksang é uma forma de fotografia contemplativa que nos pede que vejamos nosso mundo de uma nova maneira. Se pudermos por a atenção de nossa mente no nosso sentido de visão, veremos percepções vívidas completamente, sem distrações. E quando isto acontece, podemos nos conectar com o que vemos profundamente."

"Isto requer paciência e o desejo de realmente ver o que está lá, de modo que possamos entender como expressar o que estamos vendo com nossa câmara.

"Miksang é fotografia na qual usamos a câmara para expressar nossa percepção visual exatamente como a experimentamos."

     Será uma prática nestas linhas que será buscada no passeio e no workshop. Inovadora a escolha do tema, que será apresentado na cidade pela primeira vez. Existem organizações e cursos voltados a esta prática em vários lugares do mundo. 

     E a escolha do destino também é de interesse. Chiador é um município mineiro bastante antigo, muito próximo ao estado do Rio, portanto, onde primeiro chegaram vindos de lá. Também chegou primeiro ali a ferrovia. No entanto, depois perdeu importância e empobreceu. Com cerca de  três mil habitantes, vive um cotidiano de cidade pequena entre o Rio e Minas.

     Flávio Motta é um grande fotógrafo, apreciador do preto e branco, e com grandes registros do Rio Paraibuna. Com relação à percepção do Miksang, nos conta:  

"O que define uma foto Miksang não é a composição, etc., e sim o estado de espírito do fotógrafo. Posso dizer que foi nesta série [do Rio Paraibuna, foto acima] que deu o estalo.Eu já havia lido a respeito do Miksang, mas não conseguia ver o local com outros olhos. Para mim era sempre um rio feio e poluído. Até que, um dia..." 

     Finalmente, embora as vagas já estivessem preenchidas mais de um mês antes do evento, recentemente surgiu uma desistência, de modo que ainda há uma última vaga disponível

     A inscrição pode ser feita e mais informações estão disponíveis no site do JF em Foco no Meetup.


---------------------------------
Miksang -  A fotografia contemplativa

Passeio fotográfico, workshop e posterior exposição

Sábado, 24/4/2015

Algumas referências sobre Miksang (em inglês)