terça-feira, 17 de agosto de 2010

Metrópoles emolduradas por Márcia Zoet


     Márcia Zoet expõe Metrópoles no Espaço Experimental Nina Mello, a partir da concorrida abertura em 5/8, até 30/9 (ver quatro notícias atrás). Enquanto a exposição está acontecendo, exploramos um pouco mais de Márcia e seu trabalho, em entrevista exclusiva para o JF em Foco.

     Metrópoles é a segunda exposição individual de Márcia. A primeira aconteceu em 2000 no Sesc São Caetano e foi uma exposição sobre a Austrália, motivada pelas Olimpíadas daquele ano. Eram fotos coloridas ampliadas em vários tamanhos. 

E nesta exposição em particular, como surgiu o tema? De sua experiência pessoal /  profissional, já que trabalha em Sampa?

     Há seis anos que fotografo São Paulo e quando a Nina me convidou para essa exposição, além de querer mostrar esse trabalho, queria mostrar também algumas imagens do Rio de Janeiro. Assim comecei a pensar em Metrópoles. E por que não mostrar a grande metrópole, que com certeza está no imaginário da maioria das pessoas,  Nova Iorque? Então a idéia se concretizou. Metrópoles: São Paulo, Rio de Janeiro e Nova Iorque.



--------------------------------------------------- 
Park Avenue, NY, 1993
As fotos de NY participantes da exposição foram feitas ainda na era do filme - e agora, digitalizadas a partir dos negativos, para impressão final.




Como foi a escolha das imagens?

     O que essas fotos têm em comum? Muitas vezes quando pensamos na palavra metrópole o nos vem à mente é o contraste social, o caos, a velocidade. Nas imagens que apresento nessa exposição, mostro o permanente como pano de fundo ou em primeiro plano. São lugares que as pessoas reconhecem com uma certa facilidade, sem serem fotos óbvias. Por exemplo, na foto do Pão de Açucar, o morro, a paisagem está lá (nesse caso como pano de fundo), mas cai sobre eles uma névoa da manhã que faz com que a foto fique única. Em outras são imagens de lugares que as pessoas já viram, mas com um ângulo diferente (a foto do edifício Martinelli e um relógio na frente, em São Paulo). E a escolha das fotos foi conjunta, eu e a Marta Oliveira, que fez a curadoria.
 

--------------------------------------------------- 
Pão de Açucar, 2008
Fantástico registro deste cartão postal do Rio, com maravilhoso "embrulho" -
uma visão quase de sonho! 
Tomada feita em torno de oito horas da manhã
.



Fale sobre Marta Oliveira.

     Convidei a Marta Oliveira para ser a curadora da exposição porque já trabalhei com ela em outra oportunidade, quando ela montou uma acervo com imagens de São Paulo para um escritório de advocacia aqui de São Paulo, que incluiu fotos minhas, além de fotos de Cristiano Mascaro e Geraldo de Barros. A Marta é uma artista multimídia, atua profissionalmente nas áreas de artes plásticas, curadoria, produção cultural, ilustração, artes gráficas, cenografia, direção de arte, produção de eventos. 



--------------------------------------------------- 
Edifício Martinelli, São Paulo, 2009
Grandes edifícios são uma marca das metrópoles, e cada uma tem os seus destaques. Várias das fotos de Márcia percorrem - com excelente resultado - este terreno que também é o da foto de arquitetura.



     Márcia estará de volta a JF e ao Espaço Experimental Nina Mello em setembro, quando será promovido um bate-papo fotográfico em complemento à exposição, que, enquanto isso, prossegue. É interessante ressaltar que, como o Espaço trata a fotografia como arte e também atua como uma galeria, naturalmente , as imagens estão disponíveis. Boa oportunidade de adquirir um trabalho de fotógrafa da cidade, de grande qualidade e realizado com apuro técnico. O papel da impressão, por exemplo, da Hahnemühle, garante a vida longa da foto.


-------------------------------------------

Espaço Experimental Nina Mello
de 6 de agosto a 30 de setembro
Visitas: 2ª, 4ª, 5ª e 6ª, de 14h às 18h, ou agendadas por telefone
Centro Comercial São Pedro
Rua José Lourenço Kelmer 1330, sala 103 A - Cidade Universitária
8864-4698