domingo, 17 de outubro de 2010

Zeka Araújo mostra seus balangandãs e ainda dá oficina

Programação completa do festival, com 16 exposições previstas

     Estivemos com Zeka Araújo no dia da abertura de sua exposição no CCBM (dentro da programação do Festival JF em Foco), e ele, em seguida,  muito gentilmente nos enviou material e informações. Um desses bons encontros, em se tratando de um grande profissional. O currículo de Zeka gastaria algumas páginas do blog, então vai na notícia a seguir um resumo sucinto para dizer logo com quem estamos falando, e remeter logo o pessoal para a exposição!

     Em "Balangandãs", Zeka já não é um fotojornalista, é um artista, levando a fotografia a terrenos muito interessantes.

     Melhor deixar que ele mesmo fale do trabalho: "Fotografar é sair de si, faço desses passos uma ponte, com muito prazer no meio. Faz agora mais de quarenta anos de profissão. ... Minha proposta nessa exposição é um dialogo malicioso de linguagens. Não quero o rigor de um relatório. Logo, deixar correr livre a imaginação."

     Zeka usa elementos fotografados e edição, criando assim vários resultados. Algumas imagens originais são bem identificáveis, como é o caso dos bilhetes de loteria. Em outras, perde-se totalmente para o espectador. Há imagens que utilizam muita simetria, e outras quase completamente abstratas.

     Novamente Zeka: "Procurar uma visibilidade própria, autoral, poética. Tornar visíveis temas fora dos grandes acontecimentos. Um deslocamento de ordens na direção de uma foto expressiva."

     A exposição será apresentada em várias cidades, mas estreou aqui em JF. Zeka dará ainda uma oficina, da qual ainda não temos dados exatos, mas começa na próxima quinta, 21 de outubro.

      E ele diz como será: "Pretendo na sexta fazer uma palestra sobre FOTO-ARTE. No sábado, para quinze alunos inscritos, trabalho de campo, e no domingo comentar os portifólios. PENSAR - PRODUZIR - MOSTRA, esse é o espirito do encontro."




--------------------------------
Somewhwre -  no alto

Todo mar é um  -  acima

----------------------------------------------------------

No Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM)
De 14 de outubro a 7 de novembro
Terça a sexta-feira, de 9h às 21h. Sábados, domingos e feriados, de 10h às 16h
Av. Getúlio Vargas, 200 (Centro)
3690-7051 / 3690-7052