quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Caminhos de Alice Rodrigues




     Apresentamos mais uma das nove exposições fotográficas em cartaz em JF neste final de novembro, "Caminhos", de Alice Rodrigues. 

     A artista de 23 anos, natural de Santos Dumont, que terminou a licenciatura em Arte na UFJF e conclui o bacharelado em 2014, apresenta sua primeira exposição, com  cerca de 50 imagens em cores e em P&B, feitas neste ano na região de Juiz de Fora, Simão Pereira e Santos Dumont. A curadoria é de Daniel Rodrigues.

     A temática é rural, aliás, em sintonia com outra das exposições em cartaz no CCBM. E é um tema que fala de perto aos mineiros, mesmo os mais embrutecidos pela cidade, como nós, juizforanos urbanos, descendentes culturais e industriais do Mascarenhas que dá nome ao Centro onde ocorre a mostra. Trem, não tem, que em Minas não há mais. Quase. Mas tem estrada, porteira, porta, janela, cerca, fogão de lenha, cafeteira.

     Portanto, passear por ali é bom e nos remete a outro tempo, outro mundo, onde as coisas eram supostamente mais simples. E nos mostra que, sabendo procurar, ainda é possível encontrar este mundo. Ele está aí à nossa volta, pelo menos fisicamente. Se ainda é o mesmo, ou se aquela "Minas não há mais", como dizia o poeta, também é uma discussão enfrentada pela exposição de Marco Zuchi, igualmente no CCBM.

     Alice fala um pouco de seu trabalho e de seus próprios caminhos na fotografia.

     “A ideia é explorar a beleza do campo, que frequentemente é preterida em relação a outros cenários, tidos como paradisíacos, como as praias.”

  “As pessoas que conferirem a mostra lembrarão que já passaram por lugares ou estradas como as que registrei, mas, talvez desatentos, tenham deixado detalhes passarem despercebidos.”

  “Mesmo dentro da faculdade, demorei a encontrar meu nicho. A maioria pinta ou desenha. Em 2012, me descobri na fotografia. É o meu lugar.


----------------------------------------- 

Na Galeria Celina Bracher do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM)
Até 30 de novembro 
Terça a sexta-feira, de 9h às 21h. Sábados e domingos, de 10h às 21h 
Av. Getúlio Vargas, 200 (Centro)
3690-7051 / 3690-7052