sexta-feira, 26 de agosto de 2011

FOTO11: Pessoas - parte 1

       Antonio Olavo Matos (Cerezo)


----------------------------------

Wilson Cid, baluarte da imprensa de JF


     Continuamos a cobertura das exposições do FOTO11, agora com a mostra "Pessoas". Para início de conversa, cativante. Pessoas em fotografias são motivo com que facilmente se identifica o observador, pela sua própria natureza humana. Quando se trata de pessoas conhecidas, há ainda toda uma carga emocional que é acrescida. 

     Falar de pessoas também exige sentimento, assim como falar da nossa terra, e Carú Rezende, a curadora da mostra, faz isso muito bem em sua apresentação, de que separamos alguns trechos: 


..... Indivíduos que em si encerram a alma de Juiz de Fora. Ou iniciam. Para colocar um foco de luz em nossa história, oficial e cotidiana, e criar esta exposição, convidamos fotógrafos da cidade e pedimos que cada um escolhesse um personagem que, de alguma forma, representasse a cidade. ..... Afinal, uma cidade não é formada apenas por prédios, praças, taxas de emprego ou estatísticas. Antes de tudo, uma cidade é feita de gente.



..... Várias faces que estavam registradas apenas no imaginário e no sentimento desses artistas, agora em fotografias. Elas, com tantas outras, preenchem a cidade e o coração – nosso, único e particular.



     Lembradas ou não, cada um que passa por aqui deixa sua marca, um traço a mais na história do lugar que moramos. Por isso, Juiz de Fora é também a grande personalidade desta exposição. A cidade se encontra no olhar de cada fotografado, nos seus relatos, no percurso de cada artista e também de cada visitante.

          Humberto Nicoline

----------------------
Eu pensava em maneiras de fotografar essa exposição. 
Nicoline resolveu bem, captando a essência do projeto.


      Uma outra característica da exposição é seu projeto. Enquanto todas as demais usam o formato clássico de fotos emolduradas na parede, "Pessoas" se destaca pelos grandes painéis pendentes do teto, com grande ampliações. Os espaços do CCBM chamados "alternativos" são longos corredores, nem sempre fáceis de trabalhar. Assim, a solução, além de explorar muito bem o ambiente disponível, cria um movimento de zigue-zague não preexistente, é criativo e está em sintonia com modelos de exposição mais atuais e ousados - isso tudo com simplicidade. Organizadores, parabéns!

      E tentando reproduzir o projeto aqui no blog, veja na noticia a seguir uma brincadeira com o seu movimento.

     Finalmente, a exposição "Pessoas" me lembrou de uma outra, também organizada pela FUNALFA, "Personagens da Cidade", de que participei, mas isso há uns quase trinta anos.






----------------------------------------------------------


  • Fotógrafos:  Aelson Amaral, Aline Bastos, Antonio Olavo Matos (Cerezo), Bruno Moraes, Daniel Candian, Daniella Guedes, Douglas Montes, Fernando Barbosa, Fernando Priamo, Filipe Matias, Gabriel Brisola, Gleice Lisbôa, Humberto Nicoline, Johnny Pio, João Schubert, Júlia Milward, Junior Faria, Júnior Mangia, Lara Lemos, Leonardo Costa, Letícia Vitral, Lodônio de Figueiredo, Marcelo Ribeiro, Marcio Assis, Mariana Quintão, Mario Angelo, Nina Mello, Nina Zamapi, Paulo Rivello, Tainá Novellino, Teca Miranda, Valéria Faria e Yulia Gorodetskaya
  • Curadoria: Carú Rezende
  • Fotos: 34

No Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM)
De 11 de agosto a 11 de setembro
Terça a sexta-feira, de 9h às 21h. Sábados e domingos, de 10h às 16h
Av. Getúlio Vargas, 200 (Centro)
3690-7051 / 3690-7052